Também, vem para a Europa para comer maionese!

Eu adoro maionese. Se você me convidar para um churrasco na sua casa, vou comer dois pedaços de picanha e cinco pratos de maionese com farofa. Quando vim morar em Madrid, descobri a ensaladilla russa, que nada mais é do que uma salada de maionese, normalmente bem gostosa, com atum, ovo cozido. Adoro.

Uma vez, tapeando na barra de uma cerveceria da Plaza Sant’Anna, pedi uma ensaladilla russa que não estava tão boa e deixei quase tudo. Por um acaso, estávamos ao lado de dois turistas de Minas que, quando fomos embora, fizeram o comentário que dá título a este post, carregado no sotaque mineiro.

Bom, estou contando tudo isso porque ontem, indo pela primeira vez ao recomendado Pan de Lujo, acabei pedindo ensaladilla russa porque esta seria a melhor de Madrid – de acordo com o Top 10 do caderno Metropoli, do jornal El Mundo.

A “ensaladilla” vem lindamente apresentada, é misturada com a maionese na mesa e além dos ingredientes de sempre, vem com ovas, que combinaram super bem com o atum, sem dar um gosto muito forte de mar. Mas ainda assim, acho que podia ter escolhido melhor do criativo cardápio de entradas e pude imaginar os mineirinhos me dizendo: “Também, vem ao Pan de Lujo para comer maionese!”

Mas a sensação de que tudo poderia ser um pouco melhor continuou por todo o jantar. Apesar do charme das folhas de manjericão picadas direto do maço sobre o pratinho de azeite, os pães do Pan de Lujo me decepcionaram um pouco. A variedade é grande e a cesta é linda, mas eles não estavam quentinhos e fresquíssimos, como era de se esperar de um restaurante com este nome.

Os dois pratos principais, uma pluma de cerdo (porco) e umas almôndegas com trufas, estavam deliciosos. Na primeira garfada achei que estariam entre os meus favoritos. Mas os dois acabaram sendo pesados demais, talvez com pouco equilíbrio entre os acompanhamentos e a carne, talvez apenas por vir quantidade demais.

Tive que fazer um esforço para conseguir comer sobremesa, mas afinal de contas era meu aniversário (parabéns para mim!). Pedi uma tortinha de limão (feita com dois tipos de limão diferentes) com sorvete de doce de leite. Já tive birra quando a bola de sorvete chegou na mesa praticamente toda derretida, mas além disso, o doce do recheio da torta cortava todo o sabor do doce de leite. Não estava ruim, mas podia ser bem melhor.

Não sou crítica gastronômica, nem estou dizendo que o jantar foi ruim. Longe disso. Mas esperava mais do Pan de Lujo.

Os pontos altos da noite: o lugar é lindo, o atendimento é simpaticíssimo e a minha filha se comportou muito bem. ; )

Deixe um comentário

Filed under Madrid

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s